terça-feira, 17 de novembro de 2009

"A Máscara de Satã" 1960

O filme inicia-se em 1830, com a princesa Asa (Barbara Steele) sendo julgada e condenada à morte pela Inquisição por prática de feitiçaria e vampirismo, recebendo a marca do demônio gravada em ferro quente nas costas, além também de ser obrigada a usar a "máscara de Satã", uma armadura coberta de pregos, cravada impiedosamente no rosto. Antes de ser executada na fogueira juntamente como o príncipe Igor Javutich (Arturo Dominici), também com o rosto perfurado pela máscara do diabo, e de ser consumida pelas chamas purificadoras com a terrível dor do fogo ardente na carne, a malévola Asa amaldiçoa seus carrascos e jura vingança aos seus inimigos.


Crítica do Site
Por Cainã Moura


Mais um filme incrível do Mestre Mario Bava, e também mais um crime da Igreja Católica e suas iquisições! Barbare Stelle está imcomparável neste filme, ela também participou de "Os Amantes Vampiros", o filme é cheio de efeitos especiais. Muitos efeitos são ótimos e muito bem feitos como a cena em que Stelle é duplicada, pois existe a boa e a má, o detalhe é que Stelle não tem irmã gêmea, veja a foto abaixo:


Mario Bava se superou em efeitos especiais, mas só errou em uma coisa, na colorização do filme, pois ele é de 1960 e nesta época já existia filmes coloridos, mas Bava adorava fazer filmes em Preto e Branco, isso era uma de suas especialidade . Percebe-se ainda, apesar de muitos efeitos ótimos, alguns precários, como a "marcação" da Bruxa em um corpo de cera e os furos no rosto da Bruxa.
Mas acima de tudo é um grande clássico do cinema de horror!
Por isso eu dou:

5 Estrelas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...