quarta-feira, 18 de novembro de 2009

"Mundos que se Chocam" 1954

Um cientista e piloto de avião, Dr. Douglas Martin (Peter Graves), participa de um teste de lançamento de uma bomba atômica, mas seu avião sofre um misterioso acidente e o companheiro de vôo morre na queda. Ele, porém, após dado como desaparecido, surge de forma estranha e com um lapso de memória. Uma vez hipnotizado, ele revela que foi retirado dos escombros por alienígenas que fizeram uma cirurgia em seu coração e que tinham como objetivo manipulá-lo para obter informações secretas dos testes de bombas para auxiliá-los num plano maquiavélico de invasão do planeta, utilizando insetos mutantes gigantescos e carnívoros para devastar a humanidade (seu planeta natal estava morrendo e eles precisavam de um outro mundo para viver). Cabe a sua bela esposa Ellen (Barbara Bestar), ao Coronel Banks (James Seay), ao agente do FBI Briggs (Steve Pendleton) e ao cientista Dr. Curt Kruger (Frank Gerstel), a função de entender o que está acontecendo e tentar ajudá-lo, evitando o sucesso do plano dos alienígenas hostis.


Crítica do SIte
Por Cainã Moura

Outro filme de Sci-Fi tipo aquele que já falamos aqui, "O Planeta dos Desaparecidos" , que giram em torno de uma só história, alienígenas invadindo o nosso planeta. O filme é em P&B pois, se eles iam passar na TV e não precisava ser em cores, pois cores só existia no Cinema naquela época. Os efeitos especiais são maneiros, para a época, e deixava qualquer um ficar pasmo: Como conseguiram colocar os animais daquele tamanho? Como conseguiram almentar os olhos do alienígena?
São essa perguntas que provavelmente seriam feitas naquela época!
Por isso dou:
3 Estrelas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...