terça-feira, 9 de agosto de 2011

Num dia claro de Verão (On A Clear Day You Can See Forever) - 1970


Para agradar o noivo conservador Warren e conseguir parar de fumar em cinco dias, a estudante universitária Daisy Gamble procura o professor de psiquiatria Marc Chabot na intenção de que ele resolva seu problema por intermédio do hipnotismo. Durante uma dessas sessões, o professor percebe que Daisy experimenta uma regressão e assume a personalidade de uma de suas vidas passadas, a nobre inglesa Lady Melinda Winifred Waine Tentrees, que foi julgada por traição em 1814 e executada no ano seguinte. O professor é atraído pela personalidade de Melinda e começa a investigar o caso de Daisy, descobrindo os seus extraordinários dons psíquicos. Enquanto o professor busca respostas, o reitor da universidade fica sabendo dessas experiências que classifica de "misticismo" e tenta forçá-lo a encerrar as investigações ou se demitir.

TÍTULO ORIGINAL: On A Clear Day You Can See Forever
ANO DE PRODUÇÃO: 1970
TIPO DE FILMAGEM:Technicolor ®
ELENCOBarbra Streisand, Yves Montand, Bob Newhart, Jack Nicholson
DIREÇÃOVincente Minnelli
ROTEIROAlan Jay Lerner

TRAILER DO FILME em 240p 

GALERIA DE FOTOS

CRÍTICA DO SITE por CAINÃ MOURA

"Os talentos do aclamado diretor Vincente Minnelli e da lendária Barbra Streisand se combinam para criar esta produção da Broadway nas telas, em grande estilo..."
- Paramount DVD-

Logo quando o filme começa e vemos aquelas cores vibrantes, aquela voz incrível e uma abertura colorida que parece hipnotizar o telespectador, podemos imaginar que será um ótimo filme. Confirmamos ao ver os nomes resplandecentes de Barbra Streisand e depois de Vincente Minnelli, e como se já não bastasse essas "lendas" juntas, para completar, a presença de Jack Nicholson no filme, o "ex-irmão" de Daisy.
O filme é realmente um dos melhores musicais já feitos por Minnelli. Tem como particularidade, passar muito tempo sem números musicais, e de uma hora para outra passar todas as músicas de vez. Mas somente Minnelli para fazer um filme tão especial e original como este. O filme é dividido em duas histórias, uma é a de Daisy e sua incontrolável vontade de fumar, e a outra é a história de Melinda, que "vive" no corpo de Daisy, que supostamente seria uma reencarnação de Melinda. 
É uma história que dá voltas, cheia de fantasia, misticismo, hipnotismo e espiritismo de certa forma. Quem um dia iria imaginar que uma história com essas características poderia virar um musical? Esse é um dos filmes que vale a pena ser assistido dublado, pois as vozes estão muito bem feitas e sincronizadas e tornando as piadas e tiradas mais engraçadas. A cor então, gravada em Technicolor em fortes cores, combinando com as roupas da época que eram extremamente coloridas...
Todas as músicas do filme são ótimas, mas vale o destaque de On a Clear Day You Can See Forever, mas a versão da Barbra e não a de Yves Montand, que eu quase iria me esquecendo de mencionar, mas realmente Barbra dispensa comentários e é realmente quem rouba a cena e dá brilho ao filme. Destaque também para "Hurry! It's Lovely Up Here!", onde é mostrado o "poder" de Daisy de fazer as plantas crescerem mais rápido, "Go To Sleep", onde Barbra é duplicada na cena e "Come Back to Me", cantada por Yves e o mais envolvente, engraçado e criativo número musical do filme, onde Daisy ouve a música de Marc em todos os cantos, até da boca de uma criança ou de um cachorro!
Realmente, o filme, os atores, direção e locação dispensam comentários! Assistam e tirem suas próprias conclusões, não vão se arrepender...

> CURIOSIDADES 

> Alan Jay Lerner fez inúmeras mudanças para adaptar a sua peça para o cinema. O personagem do professor francês Marc Chabot era originalmente austríaco e se chamava Mark Bruckner. A época em que viveu Melinda passou para uma ou duas décadas depois e a sua situação familiar também era diferente. Na peça, Melinda morre no mar e não em uma execução. A reencarnação de Melinda como Daisy não fica clara mas no filme isso acontece de fato. O meio-irmão de Daisy, Tad Pringle, foi criado para o filme. Jack Nicholson que fez o personagem, teve uma cena musical cortada da edição final. O futuro da relação de Daisy e Marc também foi alterado e muitos números musicais foram excluídos do filme, um pena...
As locações foram em Nova Iorque, no Central Park, Lincoln Center for the Performing Arts, no Edíficio da Pan Am (MetLife Building), na escadaria Upper West Side e nas avenidas Lexington e Park Avenue em Manhattan. As cenas no Reino Unido foram filmadas no Pavilhão Real em Brighton, Kemp Town e em East Sussex.
A Paramount Pictures planejara um filme de três horas, mas os executivos pediram a Vincente Minnelli que o encurtasse em uma hora.

> TUDO SOBRE O DVD (Paramount DVD - 2010)

> O DVD foi lançado recentemente pela Paramount, mas a versão está ótima, vindo com uma luva no mesmo desenho da capa plástica. Por dentro da capa, também existe um imagem que também é a mesma da capa e da luva...
> Apesar de ter sido lançado recentemente, a versão é uma Edição Limitada e foi fabricada poucos exemplares, por isso se você ver a venda, não perca a oportunidade e compre!
> A imagem e o som estão ótimos, podendo ser escolhido entre 5.1 (Inglês) e 2.0 (Português), mas mesmo em 2.0, nunca vi um som tão limpo e de tão boa qualidade.
> Apesar da edição ser muito boa e muito bonita, não existe nenhum extra, nem sequer um trailer ou uma galeria de fotos...
> Como eu já disse, a Edição é Limitada e é um exclusividade da "Livraria Cultura", por isso nem adianta procurar em outro lugar... O preço não é salgado, podendo variar da loja e da sua sorte, o preço fica entre R$13,00 e R$ 20,00.

Por isso esse filme merece:


CINCO ESTRELAS


SELO GOLDEN FILM


FONTES: Wikipedia -IMDb 
IMAGENS: FanPop - All Star Pics


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...